EmOdAy #3

by

Dando sequência aos posts sobre nossos miguxinhos, vou falar sobre as definições e caracteríscas deste seleto grupo… não, no post anterior estava mentindo falei apenas fatos que encontrei por aí… agora sim vamos falar toda a verdade sobre este seleto grupo super fofuxo!

Emo, do francês emo-fif, significa biba emotiva. Há também fontes que afirmam que vem do latim emossae, ou seja, “sem genitália”. Emos são exatamente o cruzamento de homossexualismo com música punk, em perfeita harmonia. Emos existem desde os primórdios da civilização, com as primeiras marcas em cavernas terem sido encontrados milhões de anos. A única diferença é que agora, ser emo está na moda.

Emocore Hitlerista

Alemanha, 1941. Filho de pai gótico e mãe miguxa, Adolfinho, cansado de sofrer nas mãos do valentão da escola (um tal de Stalin), resolve se revoltar contra “tudo isso que está aí”. Após aprender com seu pai sobre o primeiro livro emo da História, compra um All-Star, um par de óculos de acetato e uns CDs do My Chemical Romance com o intuito de dar vazão aos seus sentimentos. Então, só pra deixar de ser babaca, apanha ainda mais. Pra piorar tudo, sua namorada, Mussolini, termina com ele. Desolado, em 1º de maio de 1945, resolve fazer a coisa mais emo que existe: se matar.

Será?

Existe apenas uma coisa mais emo que suicídio: um suicídio que não dá certo.

Adolfinho então passa os meses seguintes em casa, chorando (claro) e vomitando as tripas depois da tentativa de suicídio com Tylenol – esqueceram de avisar pra ele que suicidas devem tomar calmantes, e não o primeiro remédio que encontram na gaveta. Logo que se recuperou totalmente, criou um fotolog onde vivia postando fotos suas e dos seus miguxos, tudo com legendas em miguxês. Estava plantada a semente de uma idéia muito perigosa.

Graças à curiosa capacidade da internet de propagar idéias ruins rapidamente, a ideologia fotologuística de Adolfinho tomou tal proporção que, ao longo das décadas, influenciou cabeças de milhões de crianças, pré-adolescentes e adolescentes malformados. Finalmente, alguns jovens-adultos mais fracos também foram contaminados e se tornaram responsáveis pela parte mais cruel da ideologia emo: o emocore. Foram esses jovens-adultos que criaram bandas como Good Charlotte, Simple Plan e Hateen, que serviram para propagar ainda mais o ideário hitlerista. A população mundial permaneceu inabalada, preferindo prestar atenção na Guerra Fria, nos Beatles e no futebol. Foi assim até o fim da década de 1990.

Fatos sobre Emos

  • Nunca alimente um emo. Não apenas ele crescerá e poderá procriar chorando junto a outro emo (assexuadamente), mas ele ainda pode também se transformar no seu pior pesadelo: um emo-admirador.
  • Nunca dê água a um emo. Seu sistema cerejatório reconhecerá o líquido como choradeira e leva-lo-á a se reproduzir imediatamente.
  • Nunca conviva harmoniosamente com um emo ou o deixe saber qual é seu estilo. Emos têm uma capacidade parasitária de assimilação e vão absorver tudo o que você tiver de original, mesmo que isso não os faça chorar. Isso se explica por eles não terem nenhuma originalidade real.
  • Emos nascem de ovos. Quando entram em depressão, formam casulos, que podem ser queimados. Mais uma vez: apesar da aparência, não jogue água benta. O poder de assimilação é tanto que isso pode levar à reprodução.
  • Emos têm parentesco com avestruzes. Enquanto enfiam o rostinho delicado no chão pra chorar escondido, empinam seu traseiro de forma despreocupada.

Mas nem tudo são flores na vida dos nossos miguxos; fora criado há algum tempo o M.A.E (Movimento Anti-Emo), com a principal finalidade de ajudarem os emos a se suicidarem!

Atitudes de um membro do M.A.E

  • Chegar na voadora;
  • Dizer que o mundo é horrível e todas as pessoas são más…
  • Oferecer Gillete;
  • Fazer eles te amarem depois dizer que quer está com outro(a)…
  • Oferecer Gillete;
  • Xingá-los com palavras chulas como: Feios, Putos, Gays…
  • Oferecer Gillete;
  • Trocar a música de simple plan por uma de calypso na hora em que ele esteja ouvindo, ou uma banda de pagode qualquer.
  • Oferecer Gillete;
  • Usar a tecnica ninja de enfiar o dedo no cérebro;
  • Oferecer Gillete;
  • Chamar leônidas e Dizer que emos são persas;
  • Vestir uma camisa amarela e jogar um Mafagafo em cima de um;
  • Genocídio (fazer um emo chamar Chuck norris de viado);
  • Falar pro Bin Laden que o Bush está escondido nos Shows de Fresno;
  • Oferecer Prestobarba Excel;
  • Falar pro Bush q o Bin Laden está nos show do Simple Plan;

Mais alguns fatos

“Se chorei ou se sofri, o importante é que emo sou, e daí?” Roberto Carlos sobre emo
Você vai ver a seguir no Jornal Nacional: Confronto entre emos e pagodeiros na Galeria do Rock deixa nove brincos perdidos feridos!”  William Bonner sobre emos
Se ema é bicho, emo é bicha.”  Biólogo sobre emo
“Sou viado, mas não sou emo. Tenho classe meu amor.” Clodovil Hernandes sobre emo
Se eu pudesse eu matava era mil!!! Mil!!!” Jeremias sobre emo
 Fonte: desciclo.pedia

2 Respostas to “EmOdAy #3”

  1. Em0oXinha Says:

    eu amei……………………………

  2. Em0oXinha Says:

    eu amei………..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: